Eletrobras

Meio Ambiente

| ​Portal da Eletrobras > Meio Ambiente​ > ​​​Estratégia Climática

​​Estratégia Climática

Temos o compromisso de minimizar cada vez mais nosso impacto negativo e contribuir com a transição para um novo modelo de desenvolvimento, baseado em uma economia de baixo carbono. Assegurar a implantação de ações de gestão das emissões de gases de efeito estufa, dar prioridade a projetos de energia renovável e atuar no fomento a estudos são alguns dos objetivos das empresas Eletrobras.

Desde 2012 a Eletrobras conta com a Declaração de Compromisso sobre Mudanças Climáticas . Esta declaração está incorporada as diretrizes de mudanças climáticas da Política Ambiental das Empresas Eletrobras.

Revisamos a nossa Política Ambiental e incluímos diretrizes relacionadas à identificação e gestão dos riscos e vulnerabilidades visando à adaptação às mudanças climáticas e à internalização, por meio de instrumentos econômicos, das externalidades associadas às emissões de GEE.

As ações das Empresas Eletrobras estão alinhadas com os acordos internacionais dos quais o Brasil é signatário, como o Acordo de Paris (COP 21/ 2015), onde o país registrou como sua NDC1 o compromisso de reduzir 37% das suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) até 2025 e indicou a redução de 43% até 2030 (com base nos valores mensurados em 2005). O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 13 – Ação Contra a Mudança Global do Clima – da Agenda 2030 da ONU foi identificado como um dos mais relevantes para as Empresas Eletrobras.

A Eletrobras participa de diversos fóruns externos como o Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas e a Câmara Técnica de Clima do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável. Em 2016 a Eletrobras assinou o Posicionamento sobre Mecanismos de Precificação de carbono da Iniciativa Empresarial para o Clima - IEC. Em 2017 a Eletrobras assinou a Carta Aberta - Setor Privado apoia Precificação de Carbono no Brasil elaborada pela IEC com apoio da Carbon Pricing Leadership Coalition (CPLC), iniciativa do Banco Mundial. Desde 2018, somos apoiadores da Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD).

O Carbon Disclosure Project (CDP) elevou a classificação da Eletrobras de "B" Management para "A-" Lidership no ciclo 2020.

Na dimensão Mudanças Climáticas, ficamos acima da média regional da América do Sul ("D") e do setor de geração renovável ("B"). A média global dos respondentes desse questionário foi "C". Em relação ao tema Segurança Hídrica, também ficamos acima da média regional da América do Sul ("B"), do setor de geração renovável ("B") e da média global dos respondentes do questionário ("B").

A inclusão nesse e em outros indicadores reflete o aprimoramento das boas práticas das empresas Eletrobras aplicadas às suas operações e à gestão, reforçando os compromissos da empresa estabelecidos na Política Ambiental , contribuindo para o ODS 13, dedicado à Ação contra a Mudança Global do Clima.

Em 2020 a Eletrobras holding definiu como meta zerar suas emissões líquidas de GEE a partir de 2021.


​Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa

Identificamos e medimos anualmente as emissões de gases de efeito estufa das nossas empresas.

O Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa das Empresas Eletrobras segue a metodologia do IPCC (2006) e as diretrizes do GreenhouseGasProtocol – GHG Protocol (WRI, 2004).

Inventario de Emissões de Gases de Efeito Estufa  - ano base 2020

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2019

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2018

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2017

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2016​

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2015

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2014

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2013

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2012

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2011

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2010

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa - ano base 2009

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa Provenientes de Usinas Termelétricas (fontes fixas) - 2003 a 2008​​


Estudos

As empresas Eletrobras desenvolvem estudos relacionados à mitigação e a adaptação às mudanças climáticas através do Grupo de Trabalho Estratégia Climática (GT3) e do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica – Cepel. Podemos destacar:

  • Adaptação às mudanças climáticas - Diagnóstico sobre riscos e oportunidades relacionados à mudança climática nas Empresas Eletrobras.

  • Estimativa de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa devido a atividades que provocam Mudança no Uso do Solo.

  • Balcar - Balanço de Carbono em Reservatórios – Tem como objetivo produzir referências em avaliação quantitativa de emissões de Gases de Efeito Estufa em reservatórios de hidrelétricas. Conheça mais aqui.

  • Mudclima - Aborda três dimensões relacionadas às mudanças climáticas: Pesquisas para uso de informações climatológicas na construção de cenários de vazões afluentes aos reservatórios, avaliando o impacto das mudanças climáticas na geração de energia no Brasil; Estratégias e ações de adaptação socioambiental às mudanças climáticas, uma baseada em ecossistemas e outra em comunidades; Desenvolvimento de estratégias e ações de adaptação voltadas ao negócio de empresas de energia elétrica. Conheça mais aqui.

  • Estudo de Precificação de carbono - Descrição e avaliação dos potenciais impactos na Eletrobras da adoção de políticas de precificação do carbono no mercado brasileiro.

  • Estudo de Pegada de Carbono – Avaliação da Pegada de Carbono de empreendimentos das Empresas Eletrobras visando aperfeiçoar o monitoramento e a gestão das emissões de gases de efeito estufa.


Para mais informações, consulte o Acervo de Documentos Técnicos da nossa área de meio ambiente.​


 

VEJA TAMBÉM

​