​| ​Relações com Investidores > Leilão 

Alienação das participações da Eletrobras e subsidiárias em SPE​s​

O Plano Diretor de Negócios e Gestão da Eletrobras (PDNG 2018-2022), em seu pilar Disciplina Financeira, tem como uma de suas metas a redução da alavancagem financeira e a melhoria do indicador “Dívida Líquida/EBITDA” das empresas Eletrobras, por meio da quitação de dívidas das subsidiárias Eletrobras Chesf, Eletronorte, Furnas e Eletrosul junto à holding.

Na primeira etapa do desinvestimento, parte das ações das subsidiárias em Sociedades de Propósito Específico (SPEs) foi transferida à holding a fim de quitar dívidas intragrupo, por meio de dação em pagamento, o que envolveu anuências de diversos agentes privados e de governo.

 
A segunda etapa, prevista para ocorrer no mês de setembro de 2018, consiste na alienação das participações societárias detidas pela Eletrobras e por suas subsidiárias em 71 SPEs, as quais estão reunidas em 18 lotes, por meio de leilão a ser realizado na B3. O edital será brevemente publicado pela Eletrobras.

 
Dos 18 lotes objeto do leilão, (i) 8 lotes serão compostos por 59 SPEs que operam no segmento de geração eólica, com aproximadamente 1.605 MW de potência instalada, e (ii) 10 lotes serão compostos por 12 SPEs que operam no segmento de transmissão de energia elétrica, com aproximadamente 2.910 km de extensão de linhas de transmissão e 3.505 MVA em capacidade de transformação.

Informações detalhadas sobre cada SPE estão disponíveis no data room organizado especificamente para o certame, cujo acesso está detalhado no Manual de Procedimentos e Diligências dos Interessados no Leilão 01/2018 das SPEs.